Skip to content

Febre Amarela: O que é, sintomas, vacina, quem pode tomar pelo SUS, reações!

Quer saber como tem que fazer para tomar a vacina da febre amarela pelo SUS e não sabe como? Se você mora numa área rural, tem entre 9 meses até 60 anos de idade e ainda não tomou a vacina leia até o fim!

O que é a Febre Amarela?

A febre amarela é uma doença infecciosa que é causada por um vírus (arbovírus) e transmitida através de mosquitos. Atualmente o Brasil é uma área de alto risco.

febre amarela vacina

Essa doença tem esse nome porque causa amarelidão do corpo, a chamada icterícia, além de ser uma doença considera hemorrágica, que causa hemorragia em diversos graus.

O vírus que a transmite é tropical, sendo mais comum na África e na América do Sul.  Esse vírus é considerado perigoso, porém, a maioria das pessoas não apresentam sintoma e se curam.

Mesmo pertencendo a família Flavivírus, ela tem diferenças entre a dengue e ao Zika Vírus, e pertence a classificação das arboviroses.

🦟 A febre amarela tem uma taxa de mortalidade de 50%! Não deixe de se vacinar, a vacina é o recurso mais eficaz para evitar a doença!

Como a doença da febre amarela e transmitida?

A febre amarela geralmente é transmitida pelos mosquitos, especialmente o Aedes Aegypti e o Haemagogus (que tem mais em áreas rurais).

O mosquito se infecta quando pica uma pessoa ou animal com a doença e assim desenvolve a doença, transmitindo para quem ele picar.

Há 2 ciclos da febre amarela, sendo:

  • Febre amarela silvestre, no qual os mosquitos dessas regiões se infectam por picar primatas com a doença e transmitindo aos humanos que visitam esses locais.
  • Febre amarela urbana, no qual um ser humano infectado antes pela febre é picado por um mosquito urbano como o Aedes Aegypti, que transmite e espalha a doença.

A pessoa fica no estado de viremia (capaz de transmitir o vírus para os mosquitos) por cerca de 7 dias após ser picada.

É comum que as pessoas só apresentem sintomas em pessoas que nuca tiveram essa doença ou nunca tomaram a vacina contra febre amarela.

Vale ressaltar que não há relatos e comprovação de transmissão da doença diretamente entre as pessoas.

A transmissão e infecção do vírus pode acometer outros vertebrados além do homem, como em casos de macacos, que podem desenvolver a febre amarela silvestre de forma sem aparentar, mas ainda assim ter a quantidade de vírus capaz de infectar mosquitos.

O risco é maior em pessoas não vacinadas, pessoas que nunca tiveram a doença, pessoas com mais de 60 anos e pessoas com imunodeficiência grave devido a AIDS/HIV.

Pode usar aspirina com febre amarela?

O ideal é que se evite o uso de aspirina uma vez que se trata de uma doença que pode se desenvolver de forma hemorrágica.

Quais são os sintomas da Febre Amarela?

Há muitas pessoas que se infectam com a doença, mas não apresentam sintomas. Quando os sintomas estão presentes, estes costumam ser:

  • Febre
  • Dor de cabeça
  • Calofrios
  • Dores musculares no corpo, principalmente nas costassintoma febre amarela
  • Náuseas e vômitos
  • Perda de apetite
  • Cansaço e fraqueza
  • Olhos, face ou língua avermelhada
  • Fotofobia
  • Diarreia
  • Entre outros.

Na fase aguda da doença, estes sintomas costumam durar cerca de 3 a 4 dias e passam sozinhos.

Na fase toxica, que pode ser desenvolvido por uma pequena porcentagem de pessoas, esse vírus pode atingir diversos órgãos e sistemas, especialmente fígado e rins.

Nessa fase os sintomas que são mais graves costumam ser apresentados 24 horas depois a recuperação dos sintomas mais simples.

Esses sintomas dessa nova fase geralmente são o retorno da febre alta, urina escura, dores abdominais, icterícia, sangramentos no nariz, boca, olhos ou estômago. Em casos ainda mais graves, pode haver convulsões, delírios ou até coma, podendo levar a morte em poucos dias.

Por isso, é importante sempre estar atento aos sintomas e observar se sintomas mais graves aparecem e busca de ajuda médica de imediato nesses casos.

O que é a vacina da Febre Amarela e quando tomar?

A vacina contra Febre Amarela é considerada pela OMS a forma mais importante para evitar e prevenir a doença, até mesmo em áreas endêmicas e atualmente no Brasil a OMS indica que todos os estados do país devem ser imunizados.

febre amarela: sintomas, vacina,,quem pode tomar, reação, !

Essa vacina é feita a partir do vírus atenuado, cepa 17D, e é aplicada por via subcutânea, na região do braço, e seu efeito acontece após o 10º dia depois de ter tomado a vacina, garantindo imunidade por cerca de 10 anos, agindo estimulando o organismo a produzir proteção própria contra o vírus.

💉 A vacina contra a febre amarela é válida para a vida toda.

Em áreas endêmicas, a vacinação deve ser da seguinte maneira:

  • Entre 6 a 9 meses de idade, ela só esta indicada em situações de emergência epidemiológica, epidemias, vigência de surtos e viagem inadiável para área de risco de contrair a doença.
  • Entre 9 meses a 5 anos incompletos, é indicado uma dose aos 9 meses e outra dose de reforço aos 4 anos de idade.
  • A partir dos 5 anos de idade, se a pessoa nunca foi vacina, ela pode tomar uma dose inicial e outra de reforço 10 anos depois, caso ela já tenha recebido a vacina, pode tomar mais uma dose.
  • Em caso de pessoas com mais de 60 anos que nunca tomaram a vacina, o médico deve considerar os riscos da vacinação, de efeitos adversos nessa idade, entre outros.

Quantas doses tem que tomar da vacina da febre amarela?

Apenas uma dose é capaz de imunizar para toda a vida, não há a necessidade de reforço da vacinação.

Quem pode tomar?

Quem pode tomar a vacina são:

  • Crianças em área de risco a partir dos 9 meses de idade
  • Pessoas que morem nas proximidades de áreas endêmicas ou pretendam viajar para esses locais
  • Por motivos dos surtos ocorridos em 2018, o Ministério da Saúde recomendou a vacina a pessoas de todas as regiões do Brasil que não possuam contraindicações.

😷 A vacina é oferecida gratuitamente pelo SUS para todas as pessoas entre 9 meses até 60 anos de idade!

Quem não pode tomar a vacina?

As contraindicações da vacina são:

  • Pessoas com restrições ou alergia grave a ovo ou problema grave que afete a imunidade.
  • Crianças até 9 meses de idade que não estão em situações emergenciais da vacina.
  • Pacientes de algumas doenças crônicas.
  • Pessoas que fazem uso de medicações que interferem abalando o sistema de defesa, como quimioterapia, em casos de pessoas com câncer.
  • Idosos, gestantes e lactantes devem ter muita atenção se forem tomar a vacina, uma vez que precisa se considerar diversos pontos antes de tomar, mesmo que não haja proibição para este público.

Febre amarela e viagens nacionais e internacionais

O Ministério da Saúde recomenda a vacina para todos que viajam para áreas com recomendação da vacina, sejam eles nacionais ou internacionais. Inclusive por conta ao surto da doença no Brasil, muitos paises passaram a exigir o comprovante internacional de vacinação contra a febre amarela para admitir a entrada de viajantes brasileiros em suas fronteiras.

Após a vacinação, é entregue o Cartão Nacional de Vacinação, devendo este ser conservado como um documento pessoal.

A vacina deve ser tomada no mínimo 10 dias antes da viagem para que a pessoa seja considerada protegida, uma vez que os anticorpos protetores são produzidos entre o 7º e 10º dia após a vacinação.

Quais são os paises que exigem vacina febre amarela?

Confira abaixo a lista dos países que exigem o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP) contra a febre amarela segundo a OMS:

  1. Afeganistão
  2. África do Sul
  3. Albânia
  4. Antígua e Barbuda
  5. Angola
  6. Anguilla
  7. Antilhas Holandesas
  8. Arábia Saudita
  9. Argélia
  10. Austrália
  11. Bahamas
  12. Bangladesh
  13. Bahrain
  14. Barbados
  15. Belize
  16. Benin
  17. Bolívia
  18. Botsuana
  19. Brunei
  20. Burkina Fasso
  21. Burundi
  22. Butão
  23. Cabo Verde
  24. Camboja
  25. Camarões
  26. Cazaquistão
  27. Cingapura
  28. Chade
  29. China
  30. Colômbia
  31. Congo
  32. Coreia do Sul
  33. Costa Rica
  34. Costa do Marfim
  35. Cuba ( exigem a vacinação apenas dos viajantes brasileiros)
  36. Curaçao
  37. Djibouti
  38. Dominica
  39. Egito
  40. Equador ( exigem a vacinação apenas dos viajantes brasileiros)
  41. Eritreia
  42. El Salvador
  43. Etiópia
  44. Fiji
  45. Filipinas
  46. Gabão
  47. Gâmbia
  48. Gana
  49. Guiné Equatorial
  50. Granada
  51. Guadalupe
  52. Guatemala
  53. Guiana Francesa
  54. Guiné
  55. Guiné-Bissau
  56. Haiti
  57. Honduras
  58. Iêmen
  59. Ilhas Maurício
  60. Ilha Pitcaim
  61. Ilhas Reunião
  62. Ilhas Salomão
  63. Ilha Saint Helena
  64. Ilha Santa Lúcia
  65. Ilhas Seychelles
  66. Índia
  67. Indonésia
  68. Irã
  69. Iraque
  70. Jamaica
  71. Jordânia
  72. Kiribati
  73. Laos
  74. Lesoto
  75. Líbano
  76. Libéria
  77. Líbia
  78. Madagáscar
  79. Malaui
  80. Malásia
  81. Maldivas
  82. Mali
  83. Malta
  84. Martinica
  85. Mauritânia
  86. México
  87. Mianmar
  88. Moçambique
  89. Montserrat
  90. Namíbia
  91. Nauru
  92. Nepal
  93. Nova Caledônia
  94. Nicarágua ( exigem a vacinação apenas dos viajantes brasileiros)
  95. Níger
  96. Nigéria
  97. Omã
  98. Panamá
  99. Papua-Nova Guiné
  100. Paquistão
  101. Paraguai
  102. Polinésia Francesa
  103. Quênia
  104. Quirguistão
  105. República Centro-Africana
  106. República Democrática do Congo
  107. Ruanda
  108. São Cristóvão e Nevis
  109. São Vicente e Granadinas
  110. Saint-Barth
  111. Saint Martin
  112. Samoa
  113. São Bartolomeu
  114. São Martinho
  115. São Tomé e Príncipe
  116. Senegal
  117. Serra Leoa
  118. Somália
  119. Sri Lanka
  120. Sudão
  121. Sudão do Sul
  122. Suazilândia
  123. Suriname
  124. Tailândia
  125. Tanzânia
  126. Timor Leste
  127. Togo
  128. Trinidad e Tobago
  129. Tristão da Cunha
  130. Uganda
  131. Venezuela
  132. Vietnã
  133. Zâmbia
  134. Zimbábue.
Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP)
O documento deverá ser apresentado às autoridades na hora de entrar nas fronteiras dos países da lista junto com seu passaporte.

Qualquer um dos países citados acima exigem o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP) para todos os viajantes com mais de 9 meses de idade procedentes do Brasil.

🌍Lista oficial de países da Organização Mundial da Saúde.

Onde tomar vacina Febre Amarela pelo SUS

A vacina contra a febre amarela faz parte do Calendário Nacional do Sistema Único de Saúde (SUS) e é enviada, mensalmente, para todo o país.

Essa vacina está disponível nas unidades de saúde do SUS e em hospitais especializados em epidemiologia e infectologia ou em centros de vacinação.

Na Secretaria da Saúde do seu Município ou Estado, você pode encontrar os postos autorizados.

Se você ainda não tomou a vacina numa das campanhas de vacinação que a OMS lançou, procure uma unidade que tenha a vacina e solicitá-la, com suas devidas justificativas.

Em clinicas particulares, a vacina pode custar entre R$ 90 e R$ 300, tendo um preço médio de R$ 180.

Que documentos levar para se vacinar?

É ideal que a pessoa leve um documento pessoal, o cartão do SUS e em caso de menores de 15 anos de idade, a carteira de vacinação.

Quais são as reações da vacina febre amarela?

A vacina costuma ter poucos efeitos colaterais e podem aparecer entre o quinto e o décimo dia após a vacinação. Os principais efeitos colaterais que podem aparecer:

  • Vermelhidão e dor no local
  • Febre
  • Dor de cabeça
  • Dores musculares
  • entre outros.

😷 Lembre-se que a vacina é o principal método de prevenção contra a febre amarela! A vacina oferecida gratuitamente pelo SUS!

Curtiu nosso artigo? Tem dúvidas, críticas ou sugestões? Deixe um comentários no formulário abaixo, entraremos em contato assim que possível!

O artigo foi de ajuda? Avalie 5⭐️:1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Compartilhe nas redes sociais!