Skip to content

Como conseguir uma cirurgia de estrabismo pelo SUS 2019

Está procurando informação sobre o estrabismo e como é feita a cirurgia de correção? Se sim, saiba agora tudo sobre esta cirurgia, o que é, quanto custa ou como conseguir fazer a Cirurgia de estrabismo pelo SUS!

Esperamos que este artigo possa esclarecer todas as suas dúvidas sobre o estrabismo e sua cirurgia!

como conseguir uma cirurgia de estrabismo pelo sus
Como fazer cirurgia de estrabismo pelo sus 2019

O que é o estrabismo?

O estrabismo, também conhecido como desvio ocular, vesguice ou olho torto, é uma alteração da visão binocular que ocorre quando há perda do paralelismo dos olhos, ou seja, quando um olho dirige o olhar para um ponto no espaço, o outro é desviado para uma direção diferente, as pessoas que sofrem com este problema são popularmente chamados de vesgos.

Quando uma pessoa sofre de estrabismo, ela pode sofrer de uma diminuição da percepção de profundidade e visão tridimensional, visão dupla, podendo causar dificuldade para enxergar de forma certa e até dificultando a aprendizado e alfabetização.

Normalmente, ambos globos oculares se movem ao mesmo tempo, de modo que o cérebro produz uma única imagem fusionada, no desvio ocular como cada olho tem um ponto de vista ligeiramente diferente, a imagem é tridimensional.

Se os olhos não estiverem alinhados corretamente, o cérebro pode receber imagens de cada olho, que são muito diferentes para serem combinadas, causando visão dupla (diplopia). Para evitar visão dupla, o cérebro deve suprimir a imagem do olho desviado. Se o cérebro tiver de fazer esta supressão continuamente num olho, a visão do olho será gradualmente perdida. Como a imagem produzida por apenas um olho não é tridimensional, a percepção de profundidade também se perde.

Quando diagnosticado este problema e tratado o antes possível, menor será o prejuízo para a visão.

Mas quem sofre de estrabismo, seus problemas não só se limitam à visão, também sente um grande constrangimento em seus relacionamentos sociais e sua autoestima fica perturbada de modo acentuado por conta desse problema, gerando problemas psicológicos e econômicos por conta do bullying.

👀 Você sabia que pessoas estrábicas tem dificuldade de conseguir emprego e encontrar parceiros? No Brasil por volta de 2 a 5% da população sofre desalinhamento dos olhos.

Tipos de estrabismo

Existem até quatro tipos de estrabismo:

  • Convergente ou esotropia: Os olhos encontram-se desviados para dentro.
  • Divergente ou exotropia: Os olhos encontram-se desviados para fora.
  • Hipotropia: Os olhos encontram-se desviados para baixo.
  • Hipertropia: Os olhos encontram-se desviados para cima.

classes de estrabismo

Existem alguns tratamentos recomendados para isso, e um deles é a operação de correção para o problema do estrabismo, justamente para que se alinhe na posição correta.

🤓 Sabia que estrábicos não enxergam imagens em 3D? Isso porque não consegue enxergar a mesma imagem com os dois olhos ao mesmo tempo!

Principais causas do estrabismo

O estrabismo pode aparecer desde o nascimento, em crianças ou na até na idade adulta.

A principal perturbação visual que o estrabismo pode causar em crianças é a ambliopia ou olho preguiçoso (que não tem cura no adulto). Neste caso, o olho desviado não se fixa em objetos com a área central da retina e, portanto, não desenvolve todo o seu poder visual.

Se este defeito não for corrigido durante o chamado período de plasticidade cerebral (até aproximadamente 8 anos), a diminuição da acuidade visual no olho desviado será permanente e irreversível. O olho preguiçoso é a causa mais frequente de perda visual unilateral em crianças e jovens.

No caso do estrabismo em adultos, pode ser devido a:

  • Estrabismo infantil não tratado ou corrigido
  • Traumas
  • Acidentes vasculares
  • Acidentes automovilísticos
  • Problemas neurológicos
  • Doenças gerais (diabetes, hipertensão arterial…)
  • Tumores nos olhos

Cirurgia de estrabismo: como é feita, pós-operatório e quando está indicada

A cirurgia do estrabismo é uma cirurgia rápida feita em crianças ou adultos, que tem como finalidade consertar o alinhamento errado dos olhos, através de mudança da posição dos músculos.

Assim, em alguns casos, pode ser que aconteça do elemento ser enfraquecido ou fortalecido, para que se foque no ponto certo.

É feito um corte bem pequeno na lateral do olho e o musculo pode ser alongado para ficar enfraquecido ou ter uma parte cortada para ficar tensionado.

Esse tipo de cirurgia é preciso de anestesia, que pode variar entre anestesia geral e sedação local, de acordo com as necessidades de cada paciente. Assim, esse procedimento acontece de forma sem nenhuma dor.

Como é o pós-operatório?

Após essa cirurgia, é normal que os olhos fiquem vermelhos e sensíveis. O período de recuperação não é muito longo, mas é necessário passar por um tempo de adaptação com a nova focalização ocular e tomar alguns cuidados específicos, tais como:

  • Não dirigir até pasados uns dias
  • Somente voltar ao trabalho ou escola  depois de 7 dias após a cirurgia
  • Usar colírios e remédios prescritos pelo médico oftalmologista
  • Não praticar esportes ou nadar

E importante seguir as indicações do oftalmologista para evitar qualquer tipo de risco após a cirurgia, como sangramento, infecção ou visão dupla.

Quem deve fazer cirurgia de estrabismo?

Todas as pessoas com problema no alinhamento dos olhos podem fazer cirurgia, incluindo crianças e adolescentes.

Assim, as condições de visão são melhoradas, além de poder evitar com que surjam problemas maiores, como em casos referentes a profundidade da visão.

Além disso, também é comum que alguns façam esse procedimento com o foco estético, de forma que melhore a qualidade de vida da pessoa e aumente sua autoestima.

Qual é o melhor momento para fazer a cirurgia?

cirurgia estrabismo preço

Só um oftalmologista que pode avaliar e responder a isso, depende muito de paciente a paciente, da idade e até do tipo de estrabismo que apresentar o paciente, não são todos os tipos de estrabismo que podem ser corrigidos por meio da cirurgia. Por exemplo, o estrabismo causado pela hipermetropia não tem indicação cirúrgica.

Nos casos de crianças quando a cirurgia é indicada o quanto antes a mesma for feita, menor o risco de ocorrer danos no desenvolvimento visual. Já em pessoas adultas, o estrabismo pode ser corrigido a qualquer momento, desde que não haja contraindicações nos exames pré-operatórios ou outras condições de saúde que impeçam a cirurgia.

Talvez não seja necessaria a cirurgia em seu caso, mas o quanto antes procure orientação médica melhor.

Existem outras formas de tratamento?

Sim. É importante entender que essa não é a única solução para o estrabismo e nem deve ser a primeira solução para o problema.

Por isso, antes de partir para esse tipo de correção, o seu médico oftalmologista pode optar por mandar usar lentes corretivas ou óculos que auxiliem os músculos a agir da forma correta. Algumas dessas lentes também faz com que tenha um aspecto normal da visão ao serem usadas.

Outra solução é usar um tampão em um olho, afim de fazer o olho direcionar de forma adequada. Geralmente, esta é uma ação mais realizada em crianças menores para auxiliar o desenvolvimento correto dos músculos da área.

Qual valor da cirurgia de estrabismo?

O preço médio deste procedimentos oftalmológicos de correção é entre dois a cinco mil reais. O preço vai depender muito de acordo com o hospital e o profissional escolhido.

Porém, quando a pessoa não tem condições financeiras para arcar com esses custos, ela pode optar em fazer pelo Sistema Único de Saúde (SUS), como a Escola Paulista de Medicina / Hospital São Paulo e na USP. A cirurgia de estrabismo como a cirurgia de catarata são disponibilizadas pelo Sistema Único de Saúde.

Como conseguir cirurgia de estrabismo pelo SUS?

Para conseguir fazer a cirurgia de estrabismo pelo SUS, é preciso que você vá até uma Unidade Municipal de Saúde com sua e carteira de identidade e carteirinha do SUS e agende uma consulta com o clínico geral, ele irá avaliar o problema e no caso necessário será  encaminhado para um especialista oftalmologista.

Esse profissional irá analisar o seu caso e verificar a necessidade dessa correção após exames oftalmológicos criteriosos.

👩‍⚕️ Apenas com a indicação médica o paciente pode se submeter à cirurgia de estrabismo pelo SUS.

Após uma análise e uma avaliação completa da visão, caso for aprovado, o oftalmologista irá verificar suas condições gerais de saúde e encaminhar você para a lista de espera para poder fazer essa cirurgia, que é feita em hospitais públicos ou parceiros do SUS, é importante que seja paciente, infelizmente muitas vezes a fila de espera é longa e demorada.

Agora você já sabe como conseguir cirurgia de estrabismo pelo SUS!

Esperamos que este artigo tenha esclarecido todas as suas dúvidas sobre o estrabismo e procedimento de correção pelo SUS. Ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário!

O artigo foi de ajuda? Avalie 5⭐️:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (4 votos, média: 3,50 de 5)
Loading...
Compartilhe nas redes sociais!