Skip to content

Cirurgia Plástica pelo SUS 2019: Como conseguir!

O SUS é o sistema nacional de saúde utilizado pela maioria de brasileiros que não tem um plano de saúde privado, nele as pessoas podem fazer vários procedimentos médicos desde uma simple consulta até uma cirurgia.

Cirurgia plástica grátis pelo SUS
Como conseguir uma cirurgia Plástica pelo SUS passo a passo!

Mas você sabe se é possível fazer Cirurgia plástica pelo SUS sem pagar nada? Como funciona? Quais são as cirurgias que são cobertas pelo SUS e como consegui-las?

Neste artigo, vamos passar mais informações sobre o assunto e responder as principais dúvidas sobre como conseguir uma cirurgia plástica gratuita pelo SUS. Vamos lá?

É possível fazer uma cirurgia plástica pelo SUS?

Como você já sabe o SUS é o programa nacional de saúde no Brasil, ele tem como principal  objetivo dar mais qualidade de vida aos brasileiros, tudo isso de forma gratuita e buscando atingir todas as pessoas que tenham necessidades relacionadas à saúde. Ao final de contas a saúde tem que ser um direito básico que todo cidadão deve ter!

O SUS realiza diversos procedimentos gratuitos, como exames, consultas, transplantes e até cirurgias.

Não todo mundo sabe disso, mas em alguns casos é possível fazer uma cirurgia plástica pelo SUS. Mas não todas as pessoas podem ter direito a esse tipo de procedimento, é preciso se encaixar em alguns requisitos que iremos explicando ao longo da materia.

Quem pode fazer uma cirurgia plástica pelo SUS?

O SUS é um programa de saúde do Governo Federal, que atinge todas as pessoas de todas as classes em todos o pais, mas, para ser atendido pelo sistema único de saúde, antes de mais nada: é necessário ter o cartão do SUS.

As cirurgias plásticas pelo SUS  tem o principal propósito de fazer procedimentos reparadores, principalmente aqueles que podem gerar algum sofrimento ou dificuldade física para as pessoas.

Algumas Leis Federais já falam sobre isso, como a lei nº 10.223 de 15 de janeiro de 2001, que se refere a cirurgia plástica gratuita para mulheres que fizeram mastectomia, por exemplo.

Outras leis que atuam em alguns estados, como SP e RJ também garante cirurgias plásticas pelo SUS para mulheres com sequelas físicas de ataques sexuais.

Atualmente, boa parte das pessoas que buscam cirurgias é somente para fins estéticos. Neste caso, essas cirurgias só podem ser feitas na rede privada. Os próprios planos de saúde em geral não costumam cobrir cirurgias plásticas nestes casos.

Por isso, o SUS oferece diversos tipos de cirurgias gratuitas, porém, para fazer a cirurgia plástica, o procedimento deve ser feito não por uma questão estética e sim por uma questão de saúde e qualidade de vida, ou seja, quando ela for realmente necessária e reparadora.

.
Assim, se a sua situação faz com que você necessite de uma cirurgia plástica, mas não somente pelos motivos estéticos, você pode consultar a possibilidade de realizar esse procedimento de forma gratuita.

Quais cirurgias plásticas estão cobertas pelo SUS? Cirurgias reparadoras

Uma cirurgia plástica é considerada como uma cirurgia reparadora pelo SUS quando corrige uma má formação congênita, tumores de pele, sequelas de queimaduras, traumas de pequeno e médio porte, entre outros.

As vezes uma cirurgia que é considerada estética, pode ser classificada como reparadora, como por exemplo, a reconstrução de mamária para aquelas pessoas que se submetam a uma mastectomia por câncer”, por exemplo.

Existem várias cirurgias que o SUS faz, entre elas, as principais são:

que cirurgias você consegue fazer pelo sus de graça

Cirurgias Plásticas não Cobertas pelo SUS

Há também algumas cirurgias plásticas que não são cobertas pelo SUS, principalmente por se tratar de procedimentos que tenham somente um motivo estético. Essas cirurgias são:

  • Lipoaspiração
  • Aumento Labial
  • Implante capilar
  • Rinoplastia
  • Lipoescultura
  • Aplicação de silicones
  • Remoção de sinais e manchas
  • Entre outras.

Como conseguir uma cirurgia plástica pelo SUS – Como solicitar

Para conseguir uma cirurgia plástica através do SUS, a pessoa, inicialmente,  tem que estar cadastrada no SUS  para ser avaliada por um médico.

Esse profissional vai avaliar a situação e caso ele entenda que é preciso realmente fazer essa cirurgia, ele irá entregar um requerimento para fazer a cirurgia.

Inscrição

Com o requerimento que foi entregue pelo médico, o cidadão poderá apresentar a solicitação na unidade de saúde, para que assim, já sejam providenciados os procedimentos necessários para incluir a pessoa na lista de espera.

Onde são feitas essas cirurgias pelo SUS

Essas cirurgias costumam ser feitas em hospitais escola, hospitais públicos, em clínicas particulares ou até mesmo em hospitais universitários, como por exemplo FMUSP (Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo), Faculdade de Medicina da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) ou UFPR (Universidade Federal do Paraná).

Você também consegue mais informação sobre onde realizar as cirurgias plásticas nos postos de saúde, assim como em Santas Casas de cada cidade.

Tempo de espera

Às vezes, como esses hospitais tem longas filas para realizar cirurgias e outros procedimentos, o tempo para que a pessoa realmente faça a cirurgia pode demorar, por isso, o cidadão deve aguardar com paciência até que chegue a sua vez, principalmente se o caso não for uma emergência. Portanto, fique tranquilo e aguarde, você pode ter que esperar meses ou até anos.

Se o seu caso for de emergência e corre risco de saúde, o melhor é procurar um advogado o antes possivel e solicitar um mandado judicial para que o Estado pague pela sua cirurgia em um hospital privado, já que ele não consegue atender à sua necessidade, e isso pode gerar risco para você.

Como funciona a cirurgia plástica pelo SUS?

Geralmente, se não for um caso de emergência, conseguir a cirurgia plástica pelo SUS pode levar de alguns meses até anos.

Um dos procedimentos mais feitos pelo SUS é a cirurgia bariátrica – gastroplastia, que tem como fim a redução de estômago.

Mas essa cirurgia só é indicada em casos bem graves de obesidade, que prejudica diretamente a vida da pessoa.

Outra cirurgia também comum no SUS é a Abdominoplastia, que consiste em remover de forma cirúrgica o excesso de pele abdominal, comum para pessoas que fizeram a gastroplastia ou tiveram uma grande perda de peso de outra forma, e por isso teve uma grande flacidez corporal.

Dica!

Como vocês já sabem o SUS não faz cirurgia estética, e sim cirurgias reparadoras. Mas que acontece se esse defeito físico esta causando em você problemas psicológicos?

O SUS abre a exceção de fazer cirurgias estéticas nos casos que o paciente esteja sofrendo algum transtorno psicológico causado pelo defeito físico, como por exemplo orelhas muito grandes (Otoplastia).

É de suma importante explicar detalhadamente ao médico ou ao cirurgião  o seu problema e os transtornos que ele traz no seu dia a dia.

🎁 O primeiro dos bens, depois da saúde, é a paz interior.

Enfim, agora você sabe como fazer cirurgia plástica pelo SUS e quais são as cirurgias que são cobertas pelo sistema. Caso você esteja precisando de alguma cirurgia plástica gratuita, verifique o quanto antes com seu médico para que ele avalie a sua situação!

O artigo foi de ajuda? Deixe sua avaliação: ⤵
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (57 votos, média: 4,54 de 5)
Loading...
Ficou com dúvidas? Deixe o seu comentário abaixo e fale conosco, mas  continue navegando por nosso site e fique por dentro de todas as  últimas notícias! 🙂