Skip to content

Vacina meningite SUS: O que é, quem tem direito e onde tomar?

A meningite é uma doença que ainda causa preocupação para muitos brasileiros e por isso entender com detalhes o que é essa doença e a questão da vacinação se torna importante.

Vacina meningite SUS

O intuito do artigo de hoje é informar todos esses detalhes para você, principalmente em relação a vacinação da doença pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Confira!

👍 Finalmente o SUS passa a oferecer vacina ACWY, nova forma de prevenção contra a meningite!

O que é meningite?

A meningite é uma doença que ataca o sistema nervoso, ocasionando inflamação até atingir a membrana que envolva o cérebro e também a médula espinhal.

Por conta dessa inflamação que a doença ainda causa a preocupação mencionada, já que pode evoluir para óbito ou sequelas irreversíveis.

Lembrando que tudo depende do agente que causa a doença, já que pode ser um vírus, uma bactéria, um fungo, um parasita ou outro.

O risco de contrair meningite é maior entre crianças menores de cinco anos, principalmente até 1 (um) ano.

 No Brasil, a meningite é considerada uma doença endêmica.

Quais são os sintomas?

Os sintomas mais comuns são: febre alta, dores de cabeça, vômitos, náuseas, fotofobia, rigidez de pescoço e confusão mental.

Como é transmitida a doença?

A transmissão vai depender do tipo de meningite, por exemplo, a meningite bacteriana é transmitida de uma pessoa para outra através de secreções, vias respiratórias e até mesmo alimentos.

A meningite viral é transmitida por contato próximo, como um aperto de mão ou um beijo, por exemplo. Até mesmo o toque em objetos infectados pode desencadear a doença.

Já a meningite que é causada por fungos ou por parasitas não é transmitida de uma pessoa para outra e sim por outro processo (por exemplo, alimentos contaminados na fase infecciosa do parasita, ambiente hospitalar, inalação dos esporos, etc).

Como funciona a vacinação contra a meningite?

A meningite por vírus e por bactérias são as mais comuns no Brasil e estão no foco de atenção da saúde pública e por isso a vacinação é importante, até mesmo  o Sistema Único de Saúde oferece quatro tipos de vacina contra as principais bactérias da meningite.

Lembre-se que a vacinação é a maneira mais eficaz e segura de prevenir diversas doenças como a meningite.

Quando tomar a vacina da meningite?

Existem vários tipos de meningite bacteriana, sendo os mais frequentes A, B, C, W e Y. Aqui no Brasil, o mais comum é o tipo C. Por conta disso, desde 2010 o Calendário Nacional de Imunização do SUS oferta doses da vacina que devem ser aplicadas aos três meses, cinco meses e um ano.

A doença pode acontecer em qualquer idade, porém, crianças menores de cinco anos possuem maiores chances de adquirir a doença.

Portanto, a vacina contra meningite deve ser tomada ao nascer, chama – se BCG e tem como foco a meniginte turbeculosa.vacinas do SUS para bebes

A vacina pentavalente é contra a meningite causa pela bactéria Haemophilus influezae B, a dose deve ser tomada aos dois, quatro e aos seis meses de vida.

Há ainda a dose que deve ser tomada aos três e cinco meses de vida, sendo reforçada com um ano de idade e em adolescentes de 11 a 14 anos, essa vacina chama – se Meningocócica C.

Por fim, existe a Pneumocócica 10V, com doses aos dois e quatros meses de vida e um refoço com um ano de idade.

Quem tem direito a tomar a Vacina meningite no SUS?

Todas as pessoas possuem o direito da vacina de meningite pelo Sistema Úncio de Saúde (SUS). Ou seja, mesmo tendo convênio médico as vacinas são gratuitas e de direito do cidadão, em especial as vacinas citadas anteriormente, já que o público alvo da doença são as crianças.

A vacina é oferecida nos postos de saúde de todo o Brasil para crianças com até 5 anos ou acima, caso apresentem alguma situação de risco, como a imunodepressão. As demais pessoas devem procurar a vacinação em clínicas particulares

Preço da vacina na rede privada

A rede privada oferece a vacina para meningite B, a média do valor é de R$ 600. Além disso, outra vacina muito procurada na rede privada e que começou a ser disponibilizada no SUS é a meningite ACWY (quadrivalente), a média de valor é R$ 315.

Qual vacina de meningite o SUS fornece?

Atualmente, o Sistema Único de Saúde (SUS) no calendário de vacinação da criança do Programa Nacional de Imunização oferece quatro tipos de vacina para meningites bacterianas, sendo elas:

  • Vacina BCG: Vacina contra a meningite tuberculosa;
  • Vacina  Pentavalente: Proteção contra as infecções invasivas, como por exemplo, Haemopilhus influezae sorotipo B;
  • Vacina  Meningocócia C: Vacina contra a meningite causada pela Neisseria meningitidis sorogrupo C;
  • Vacina  Pneumocócica 10: Proteção em relação as infecções invasivas, como por exemplo, a meningite ocasionada pelo Streptococcus penumoniae.
  • A partir deste ano de 2020 o SUS começou a oferecer a vacina ACWY imunizante conjugado que protege contra quatro sorotipos de meningite bacteriana (a mais grave): A, C, W e Y, e que passa a ser aplicada em crianças de 11 e 12 anos.

Sendo assim, o SUS fornece de forma gratuita todas as vacinas para crianças e a dose para adolescentes de 11 a 14 anos.

Pessoas resposáveis por crianças de 11 e 12 anos devem procurar o seu Posto de Saúde para a imunização contra a meningite com a nova vacina ACWY.

Cartão de vacinação SUS

A criança recebe o cartão de vacinação no momento que recebe sua primeira vacina e ele é utilizado para controlar doses e até mesmo para controle médico.

Portanto, quem deseja tomar a vacina contra meningite deve estar com o seu cartão de vacinação em mãos para registrar qual dose tomou, o dia que tomou, a idade que recebeu as doses, etc.

Esse controle deve ser feito tanto em vacinas da rede privada, como em vacinas pelo SUS.

Como solicitar a vacina pelo SUS?

A vacina é oferecida em qualquer posto de saúde para crianças e adolescentes ou mesmo para pessoas em situação de risco (como imunodepressão), essas pessoas devem chegar no posto de saúde com o cartão de vacinação e com o cartão do SUS.

Quem ainda não possui o cartão SUS deve procurar a Unidade de Saúde mais próxima a sua residência para começar usufruir de tudo que esses sitema de saúde gratuito brasiliero oferece a você.

Em outras situações deve – se recorrer a rede privada.

Existem contraindicações?

A única contraindicação que existe é em relação aos pacientes que apresentam alergia há algum componente existente na vacina. Geralmente, depois da primeira dose acontece uma reação intensa.

Conclusão

Em resumo, a meningite ainda é uma doença preocupante no país, principalmente nos primeiros anos de vida e por isso o Sistema Único de Saúde oferece 4 vacinas diferentes para prevenir as principais bactérias em crianças e adolescentes até 14 anos.

As pessoas que não estão no grupo de risco devem procurar a rede privada, que oferece tipos diferentes de vacina para meningite.

O Cartão SUS é indispensável para acesso aos serviços da rede pública de saúde!

Gostou de nosso artigo sobre a Vacina meningite SUS? Tem alguma dúvida, critica ou sugestão? Utiliza o formulário abaixo para nos enviar uma mensagem, e entraremos em contato o mais rápido possível.

O artigo foi de ajuda? Avalie 5⭐️:
[ratings]
Compartilhe nas redes sociais!

Voltar ao topo